Viagora
Genevaldo Silva

Genevaldo Silva

Opinião & Política

Empresa criada há 1 mês ganha contrato de R$ 80 mil do prefeito de Vila Nova do Piauí

Em 25 de abril, o prefeito Edilson Brito assinou contrato com a empresa vencedora do certame Ranna Thamires Tomaz de Pontes (Thata Bolos e Serviços).

Desde o ano de 2021 o Viagora vem publicando várias reportagens relatando contratos efetivados por prefeitos com empresas recém criadas na Receita Federal.

Não quero aqui ser leviano e supor que as empresas abertas há pouco tempo, antes de ganhar determinada licitação, seja considerado um conluio entre o gestor e o empresário vencedor do certame para se locupletarem do erário público. Porém, alguns casos levantam suspeitas.

Para exemplificar, vejamos o fato curioso que ocorreu recentemente em Vila Nova do Piauí.

No dia 06 de abril desse ano foi publicado no Diário Oficial dos Municípios o aviso de licitação modalidade Tomada de Preço nº 030/2022 para contratação, por menor preço global, de empresa para fornecer água potável, através de carro pipa, para abastecimento de água na zona urbana e rural do município de Vila Nova do Piauí.

Foto: DivulgaçãoExtrato de contrato com empresa Ranna Thamires Tomaz de Pontes.
Extrato de contrato com empresa Ranna Thamires Tomaz de Pontes.

Em 25 de abril, o prefeito Edilson Brito assinou contrato com a empresa vencedora do certame Ranna Thamires Tomaz de Pontes (Thata Bolos e Serviços) no valor total de R$ 80.998,20 (oitenta mil, novecentos e noventa e oito reais e vinte centavos). A vigência contratual vai até 31 de dezembro deste ano.

O que chama atenção nessa relação contratual recai sobre a empresa Thata Bolos e Serviços. Consta na Receita Federal que a mesma foi aberta no dia 18 de março desse ano por Ranna Thamires Tomaz de Pontes e tem capital social de R$ 70 mil.

A empresa tem como atividade principal o serviço de padaria e confeitaria com predominância de revenda. Na atividade secundária, a empresa faz de tudo e mais um pouco, tais como: distribuição de água por caminhão, transporte rodoviário coletivo de passageiros, organização de feiras, transporte de cargas, entre outras.

Foto: DivulgaçãoCNPJ da empresa Ranna Thamires Tomaz de Pontes.
CNPJ da empresa Ranna Thamires Tomaz de Pontes.

O questionamento que fica é se houve direcionamento por parte do prefeito para beneficiar a empresa que havia sido criada há dezoito dias antes do aviso do certame. E, após exatos um mês e oito dias o contrato foi efetivado pelo gestor com a empresa.

Com a palavra o Ministério Público e o Tribunal de Contas.

Facebook
Indicado para você
Veja também