Genevaldo Silva

Genevaldo Silva

Opinião & Política - Contato (86) 99839-8180 / 99423-5410 - E-mail: genevaldosh1@gmail.com

Juiz condena Thiago Tataia a devolver R$ 140 mil aos Correios

18/09/2019 16h00

O juiz federal Pablo Baldivieso, da vara única da subseção de São Raimundo Nonato, julgou procedente uma ação de improbidade administrativa e condenou Thiago de Castro Tataia Soares ex-gerente da agência dos Correios na cidade de Dirceu Arcoverde. A sentença foi expedida nesta terça-feira (17).

Na ação, proposta pelo Ministério Público Federal, consta que Thiago de Castro, enquanto gerente da agência dos Correios do município de Dirceu Arcoverde, teria se apropriado de R$ 140.574,40 (cento e quarenta mil e quinhentos e setenta e quatro reais e quarenta centavos) em outubro de 2017.  

O desvio do dinheiro foi constatado através de uma equipe do REATE/PI. O Banco do Brasil, através da supervisão do Banco Postal, relatou que a agência dos Correios em Dirceu Arcoverde não havia realizado o repasse para fins de conferência anual obrigatória.

Para o MPF, Thiago de Castro “ao realizar a conduta acima descrita o requerido praticou atos de improbidade capitulados nos arts. 9º, 10 e XII, da Lei nº 8.429/92.”

Defesa

O ex-gerente confessou o desfalque e que tencionou solucionar a questão junto aos Correios. Assim, pediu a rejeição da ação.

Sentença

 O juiz condenou Thiago de Castro a ressarcir os Correios em R$ 140.574,40 (cento e quarenta mil, quinhentos e setenta e quatro reais e quarenta centavos), acrescido de juros e correção monetária; teve os direitos políticos suspensos por 8 anos e foi proibido de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de 10 (dez) anos.

O ex-gerente ainda foi condenado a pagar R$ 5 mil de honorários advocatícios em favor do autor da ação.

Mais na Web