Política

Dr. Pedrosa retira pré-candidatura e poderá apoiar Doutor Pessoa

De acordo com o Dr. Pedrosa, foi selado um acordo com a direção municipal do partido para que ele retire a pré-candidatura e fique livre para escolher um candidato para apoiar no pleito.
08/09/2020 11h30 - atualizado

Nesta terça-feira (08), o médico Dr. Pedrosa (PDT) confirmou ao Viagora que irá retirar a pré-candidatura a prefeito de Teresina nas eleições municipais deste ano, e afirma que descarta o apoio a Kleber Montezuma (PSDB), relatando que o grupo em que ele faz parte dentro do PDT está conversando para um possível apoio à candidatura de Dr. Pessoa (MDB).

De acordo com Dr. Pedrosa, o principal objetivo de uma pré-candidatura própria do PDT em Teresina era recuperar o partido e dar visibilidade, e após reunião com a direção municipal e estadual da sigla foi selado um acordo para que a pré-candidatura dele fosse retirada e o grupo ficasse livre para escolher o candidato que quiser apoiar.

  • Foto: DivulgaçãoPré-candidato pelo PDT, Dr. PedrosaPré-candidato pelo PDT, Dr. Pedrosa

“Essa pré-candidatura foi estratégica, no sentido de retirar, para ver se conseguia, recuperar o partido. Um dos objetivos estratégicos era esse, dar visibilidade ao PDT, mas ao PDT sério, ao PDT que não está vinculado à ninguém, que não está vendido à ninguém. Eu não vou apoiar ninguém da prefeitura, o nosso grupo do PDT, a Resistência Trabalhista, não irá apoiar nenhum candidato da prefeitura. Nós fizemos um reunião ontem: eu, um membro da nacional, o (Evandro) Hidd, e um companheiro nosso da coordenação, professor Paulo Henrique. Primeiro: ‘Dr. Pedrosa, você pode tirar a sua pré-candidatura?’, posso, contanto que nosso grupo siga a diante com o candidato que ele quiser. E depois da eleição, as duas comissões provisórias, estadual e municipal, serão refeitas com todas as pessoas fazendo parte. Selamos esse acordo”, explica.

Sobre o candidato que o grupo irá apoiar, Dr. Pedrosa afirma que há conversação com Dr. Pessoa, e explica que o apoio se dá devido a um acordo entre o PDT nacional e o PSB, partido que faz parte da composição da chapa de Dr. Pessoa.

“Nós estamos conversando com o Dr. Pessoa, porque o Dr. Pessoa tem na composição dele o PSB, e o PSB tem um acordo nacional com o PDT visando a candidatura do Ciro Gomes, e a orientação nacional é que nos locais que for possível uma composição entre PSB, PDT e outro partido que não seja da linha bolsonarista, que houvesse negociação nesse sentido. Estamos coversando com Dr. Pessoa e é provável, vamos reunir o pessoa para tomar esse decisão”, afirma Dr. Pedrosa.

Mais na Web