Piauí

Florentino apresenta solução sobre pagamento de residentes médicos

Nesta quarta-feira (13), o secretário de Estado da Saúde, reuniu-se em Brasília com a Coordenação Nacional de Residências Médicas.
  • DA REDAÇÃO
14/03/2019 15h00 - atualizado

Nesta quarta-feira (13), o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, reuniu-se em Brasília com a Coordenação Nacional de Residências Médicas para discutir sobre o credenciamento dos médicos residentes no Hospital Getúlio Vargas (HGV), Maternidade Dona Evangelina Rosa e Hospital Infantil Lucídio Portela.

O objetivo do encontro foi apresentar as providências adotadas pelo Governo do Estado, que foi incluir na folha de pagamento do Estado os valores das bolsas dos médicos residentes.

  • Foto: CCOMFlorentino NetoFlorentino Neto

O secretário afirmou que esses profissionais, médicos qualificados, estão ampliando ainda mais a sua qualificação para prestar mais e melhores serviços à sociedade, não podendo, portanto, deixar de ter as residências no estado do Piauí.

"Além disso, as residências médicas são de suma importância para a saúde da população do Piauí, inclusive para o processo de descentralização dos serviços de saúde. Quando temos uma boa relação das áreas de pós-graduação nos estabelecimentos hospitalares, temos um ganho de qualidade significativo, e o maior beneficiário nesse processo são os usuários do SUS”, disse Florentino Neto. 

A reunião realizada no Ministério da Educação, também contou com a presença do reitor da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), Nouga Cardoso; a coordenadora das Residências Médicas do HGV, Joselda Duarte; e a diretora-geral do HGV, Maria de Fátima Garcêz.

Mais na Web