Polícia

Homem morre durante confronto da PM com assaltantes em União

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública, o homem era morador do Povoado Matões e morreu durante confronto da PM com os suspeitos de assaltar o Banco do Brasil em Miguel Alves.
18/10/2020 12h00 - atualizado

Na noite desse sábado, 17 de outubro, por volta de 22h, um morador do Povoado Matões, zona rural do município de União, morreu durante uma troca de tiros entre a Polícia Militar e a quadrilha que assaltou a agência do Banco do Brasil de Miguel Alves.

Segundo informações divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI), os criminosos teriam invadido o povoado e tentaram fazer moradores de reféns. Nesse momento, foi iniciada uma troca de tiros entre a PM e os suspeitos. Um morador acabou entrando na linha de confronto, foi atingido pelos disparos de arma de fogo e morreu no local.

A SSP-PI informou ainda que, na última sexta-feira (16), um agente do Batalhão de Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE) também foi atingido durante troca de tiros, mas passa bem. O secretário estadual de Segurança Pública, coronel Rubens Pereira, e o comandante-geral da PM, coronel Lindomar Castilho, se deslocaram até o povoado para avaliar a situação.

O Instituto Médico Legal (IML) de Teresina foi acionado para remover o corpo da vítima do local. A identidade do morador ainda não foi revelada. A SSP-PI emitiu uma nota sobre o caso.

Confira a nota na íntegra:

O Secretário de Segurança Pública, Cel Rubens Pereira e o Comandante Geral da PMPI, Cel Lindomar Castilho estão em deslocamento de Teresina para o local do confronto com os acusados de roubar a agência bancária de Miguel Alves, para avaliar a situação.

Ontem (17) por volta das 22h houve mais um confronto após os criminosos invadirem um povoado na tentativa de fazer refém os moradores, durante um confronto uma pessoa morreu, ainda está sendo identificado. Na última sexta um policial da BRONE foi ferido, mas está bem.

Mais na Web