Piauí

Hospital de São Raimundo Nonato realiza primeira cirurgia por vídeo

Florentino Neto esclarece que esse trabalho, garante a universalização da cirurgia por videolaparoscopiano Piauí, melhorando a qualidade dos serviços prestados.
28/05/2021 12h21 - atualizado

O Hospital Regional Senador Cândido Ferraz em São Raimundo Nonato, passou por uma adequação recente no setor de urgência e emergência, com a finalidade de melhorar o atendimento e trazer acessibilidade para quem precisa dos serviços.

Nessa quinta-feira (27), foi realizado pela primeira vez na unidade o procedimento de colecistectomia, que consiste na retirada da vesícula biliar.

  • Foto: DivulgaçãoHospital realiza primeira cirurgia por vídeoHospital realiza primeira cirurgia por vídeo

De acordo com a diretora da unidade de saúde, Nilvânia Nascimento, o equipamento permite que sejam feitas apenas quatro pequenas incisões, de apenas um centímetro de diâmetro, por onde passam a microcâmera e as pinças, assim, os riscos de complicações para o paciente são muito menores.

A videolaparoscopia é uma técnica que pode ser utilizada tanto para diagnóstico quanto para tratamento, sendo esta última modalidade denominada videolaparoscopia cirúrgica. A unidade de saúde realiza uma média de 14 mil atendimentos mensais e Internações Hospital/UPA 460 mês, além de realizar 60 cirurgias gerais, 45 procedimentos cirúrgicos ortopédicos, 45 partos normais e 85 cesarianas, mensal, número reduzido por conta da pandemia.

Segundo a unidade, a novidade proporcionará o aumento da cobertura de cirurgias para a população usuária de 20 municípios da região da Serra da Capivara, além de Canto do Buriti, Brejo e Tamboril. A unidade também recebe demanda de três municípios da Bahia, totalizando 26 municípios com média de 200 mil habitantes.

Nilvânia Nascimento explica que por se tratar de um procedimento menos invasivo, sem cortes, o tempo de ocupação do leito diminui e a recuperação é mais rápida, e ressalta que já nesta sexta-feira (28), a paciente que passou pela cirurgia laparoscópica recebeu alta.

O secretário de saúde Florentino Neto ressalta que as cirurgias fazem parte do início do processo de implantação do serviço. “Vamos estabelecer uma agenda de procedimentos por vídeo, e de qualificação das equipes, para que a população dos municípios que fazem parte da região da Serra da Capivara tenha acesso a este serviço”, pontuou.

Segundo ele, a torre de laparoscopia também está disponível em outros hospitais do interior, e ao todo, o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), já distribuiu 17 torres de videolaparoscopia para hospitais que compõem a rede estadual de saúde.

Entre as unidades contempladas estão o Hospital Getúlio Vargas; Hospital da Policia Militar; Hospital Infantil Lucídio Portella; Hospital de Luzilândia; Hospital de Esperantina, Hospital de Parnaíba; Hospital de Barras, Hospital de Campo Maior, Hospital de  Piripiri, Hospital de Floriano; Hospital de Oeiras Hospital de Picos, Hospital de Bom Jesus e agora o Hospital de São Raimundo Nonato.

O secretário esclarece que esse trabalho, garante a universalização da cirurgia por videolaparoscopia no nosso estado, melhorando assim a qualidade dos serviços prestados a toda a população piauiense.

Mais na Web