Política

Marden Menezes quer que Comissão da Alepi inspecione maternidade

A Maternidade Evangelina Rosa sofreu interdição parcial do Conselho Regional de Medicina por causa das precárias condições de funcionamento.
22/11/2018 19h40 - atualizado

O deputado Marden Menezes (PSDB) pediu, hoje (22), que a Comissão de Saúde, Educação e Cultura da Assembleia Legislativa (Alepi) acompanhe a situação da Maternidade Evangelina Rosa. O local sofreu interdição parcial do Conselho Regional de Medicina por causa das precárias condições de funcionamento. 

  • Foto: Kelvyn Coutinho/ViagoraMarden MenezesMarden Menezes

Segundo o parlamentar, a unidade enfrenta uma situação difícil que prejudica o atendimento às gestantes que precisam de um local para o nascimento de suas crianças. Ele disse que é importante que os integrantes da Comissão realizem uma visita às instalações da Maternidade e, se for necessário, recorram ao Ministério Público Estadual e ao Tribunal de Justiça do Piauí no sentido de que o governo garanta melhores condições de funcionamento para aquele estabelecimento de saúde.

O deputado Luciano Nunes (PSDB), vice-presidente da Assembleia Legislativa, pediu ao líder do Governo, deputado Francisco Limma (PT), que informasse quando o secretário de Saúde, Florentino Neto, iria comparecer à Alepi para prestar esclarecimentos sobre a situação da saúde no Piauí. Francisco Limma respondeu que o secretário já informou que comparecerá ao Legislativo no próximo dia 29 de novembro.

  • Foto: Vitor Fernandes/ViagoraLuciano Nunes.Luciano Nunes.

Gustavo Neiva também se pronunciou sobre o assunto e criticou Florentino Neto, que falou não ter a maternidade nada a ver com o atendimento aos partos de média e baixa complexidade. O parlamentar comentou que uma médica da Fundação Municipal de Saúde havia informado que a mesma tem espaços para esse tipo de atendimento e recebe R$ 700 mil por mês. 

  • Foto: AlepiDeputado estadual Gustavo Neiva (PSB).Deputado estadual Gustavo Neiva (PSB).


Neiva defendeu que seja feita a auditoria e anunciou que convidará os diretores das principais entidades do ramo da saúde para a audiência.

Mais na Web