Coronavírus no Piauí

Sem oxigênio, apenas nove pacientes virão de Manaus para Teresina

Segundo o presidente da FMS, devido à falta de oxigênio em Manaus, apenas nove dos 30 pacientes serão transferidos, já que não há oxigênio suficiente para o percurso da viagem.
15/01/2021 09h26 - atualizado

Na manhã desta sexta-feira (15), o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Albuquerque, informou que dos 30 pacientes de Manaus com a Covid-19 que seriam transferidos para Teresina, apenas nove pacientes devem chegar na capital devido à falta de oxigênio na capital do Amazonas.

Por meio de um vídeo, o presidente da FMS explica que nesse primeiro momento apenas nove pacientes devem ser transferidos para Teresina, já que os outros pacientes tiveram o quadro de saúde agravado e precisariam de oxigênio.

O presidente afirma que a decisão foi do próprio Ministério da Saúde, pois não há oxigênio suficiente para o deslocamento de Manaus para Teresina. Diante disso, outras cidades mais próximas aceitaram receber os demais pacientes, já que o consumo de oxigênio no percurso é menor.  

“Outros estados, outras cidades mais próximas ofereceram também opção de internar esses pacientes [...]. Como Manaus tá com uma dificuldade muito grande de oxigênio, e de Manaus pra Teresina há um consumo muito grande [de oxigênio], o próprio Ministério da Saúde preferiu encaminhar, prioritariamente, para as cidades mais próximas, onde o consumo de oxigênio no deslocamento é menor. No entanto, ficaram esses nove pacientes que estarão saindo de Manaus”, explica o presidente.

Ainda segundo Gilberto, os nove pacientes deixaram Manaus nesta manhã e a expectativa é que cheguem na capital por volta das 12h. Os pacientes que estão chegando em Teresina são pessoas em estado de saúde moderado e ficarão internados no Hospital Universitário (HU).

Mais na Web