Política

“União de Firmino e Ciro é uma união de alma”, diz Robert Rios

O candidato a vice-prefeito na chapa de Dr. Pessoa disse ainda que se o PSDB perder a eleição na capital pode ser extinto no Piauí.
24/11/2020 06h42 - atualizado

Em entrevista ao Viagora, o candidato a vice-prefeito na chapa de Dr. Pessoa (MDB), Robert Rios, fez declarações sobre os resultados das últimas pesquisas de intensão de voto, e afirmou que o PSDB poderá ser extinto caso perca a eleição em Teresina, além de comentar que a união do prefeito Firmino Filho (PSDB) com o senador Ciro Nogueira (Progressistas) seria de “alma”.

Com base na última pesquisa divulgada pelo Instituto Datamax para o 2º turno das eleições em Teresina, Dr. Pessoa aparece com 70,52%, enquanto Kleber Montezuma (PSDB) aparece com 29,48% dos votos válidos. Na avalição de Robert Rios, quanto maior a vantagem em relação ao outro candidato, maior a responsabilidade, e destaca que devido a isso é que eles têm trabalhado “de manhã, de tarde, de noite”.

“A pesquisa mostra uma vantagem expressiva para o Dr. Pessoa, e o tamanho da vantagem é o tamanho da responsabilidade. Por isso que nós estamos trabalhando muito, sem sapato alto. Fizemos uma grande carreata hoje pela manhã, vai ter outra grande a tarde, via ter uma grande reunião à noite, e nós não paramos: de manhã, de tarde, de noite trabalhando, apresentado pro povo de Teresina nossas propostas, o quê que nós queremos, porque é que nós nos achamos que vamos fazer mais do que eles”, comenta o candidato a vice.

  • Foto: Kelvyn Coutinho/ViagoraEx-deputado Robert Rios em entrevista ao Viagora.Candidato a vice-prefeito Robert Rios (PSB).

Em relação ao fato de a chapa encabeçada por Dr. Pessoa ser chamada de “blocão”, Robert ressalta que o verdadeiro blocão está do lado do candidato do PSDB, que segundo ele, é apoiado por 11 partidos.

“Se você contar quantos partidos tem do lado do Firmino, e contar quantos partidos tem do nosso lado, aí você vê quem é que é blocão. Ele tem 11 partidos do lado dele, nós temos 11 partidos do nosso lado? Não temos. Então, nós somos o bloquinho. É o blocão dele contra o bloquinho nosso”, afirmou Robert.

Para o ex-deputado, o PSDB corre grande risco de ser extinto no Piauí caso perca a eleição em Teresina, pois o partido seria forte apenas em Teresina. Robert destacou que o próprio prefeito Firmino Filho colocou grandes nomes do partido, como Sílvio Mendes, no Progressistas do senador Ciro Nogueira.

“Se perder em Teresina, o PSDB está extinto aqui no Piauí. Só tem um deputado, que é o deputado Marden, que o pai do Marden já está no PT, e a tendência natural do Marden é procurar outra agremiação. Se perde em Teresina o partido está extinto. Aliás, o PSDB do Piauí, é o PSDB só de Teresina, e nunca teve um diálogo franco com o PSDB nacional. Então, o Firmino botou a mulher dele em que partido? Botou a mulher dele no PP do Ciro, botou o sobrinho dele em que partido? Botou o sobrinho dele no PP do Ciro. Botou o Silvio Mendes em que partido? No PP. O próprio Firmino já tinha mandado os melhores quadros do PSDB para o PP, e a união dele com o Ciro é uma união de alma. A mesma alma habitando dois corpos”, disse.

Mais na Web