Coronavírus no Piauí

Wellington Dias diz que manterá medidas de isolamento no Piauí

Na noite dessa terça-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento pedindo para que os estados e cidades voltem a funcionar.
25/03/2020 09h30 - atualizado

Em resposta ao pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro, transmitido na noite dessa terça-feira (24), o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), publicou um vídeo em suas redes sociais falando sobre as orientações do chefe do executivo federal.

No pronunciamento, o presidente Bolsonaro pediu para que às pessoas deixem o isolamento e que os estados e cidades voltem a funcionar de maneira normal.

Atualmente as autoridades de vigilância sanitária recomendam que as pessoas fiquem em casa como medida preventiva e de combate à Covid-19, o novo coronavírus. No Piauí a medida foi adotada pelo governador que afirmou que vai manter o isolamento social.

“Presidente, esses dias eu tive a felicidade de receber dois netos, um casal de gêmeos, e eu não colocaria uma pessoa com essa gripezinha para cuidar dos meus netos. Eu recomendaria à essa pessoa que ficasse no isolamento e tratamento adequado recomendado pela ciência. Os meus filhos são atletas, mas não gostaríamos de ser contagiado pelo coronavírus. Eu não sei como meu organismo reagiria, vejo o que ocorre com outras pessoas que ficam semanas na UTI e vejam, não se faz isso por conta de uma gripezinha”, disse Wellington Dias.

O governador enfatizou ainda que o estado tem adotado as medidas recomendadas também pelo próprio ministro da saúde, do governo de Bolsonaro, e finalizou dizendo que o Piauí não irá contrariar às recomendações preventivas.

“Aqui no Piauí tive que adotar medidas duras seguindo a orientação do ministro da saúde, do seu governo mesmo em uma situação em que o risco fosse menor. Seu presidente, não se faz isso por conta de uma gripezinha, eu seria egoísta se pensasse só na minha família, devemos pensar no outro. Eu sei que as pessoas nesses momentos vão ter prejuízos de bem materiais, nos negócios e na renda mas há algo mais importante agora que é a vida, e no Piauí a vida tem valor e nós vamos cuidar da vida humana fazendo isolamento social onde for necessário”, finalizou.

Mais na Web