Viagora

“Não acredito em debandada", diz Carlos Augusto sobre membros do PL

O deputado afirma que ainda deverá haver um diálogo entre o diretório estadual e o nacional após a filiação de Bolsonaro.

Nessa terça-feira (30), o deputado estadual Carlos Augusto declarou que não acredita na saída de membros do PL devido a filiação do presidente Jair Bolsonaro, mas que deverá haver um diálogo entre o diretório estadual e nacional.

O parlamentar afirma que os membros ainda têm até 04 de abril de 2022 para escolher outro partido, se for o caso e ressalta que não defende siglas.

  • Foto: Luis Marcos/ ViagoraDeputado Carlos AugustoDeputado Carlos Augusto

“Não acredito em debandada, acredito no diálogo, nós vamos conversar ainda com o diretório estadual e nacional e, independente da filiação de A ou de B dentro do partido, temos o prazo até 4 de abril, para escolher um partido que a gente possa representar o povo do Piauí aqui nessa casa. Nós não defendemos partido e eu não sou de esquerda e nem direita, não busquei mandato na Assembleia para discutir ideologia partidária”, declarou.

Mudança de partido

Questionado pelo Viagora sobre a possibilidade de sair do PL, Carlos Augusto diz que ainda não sabe ainda, mas que haverá discussões na próxima semana, onde serão feitos os encaminhamentos com muita tranquilidade dentro do partido que achar que for melhor para representar o Piauí.

“Não sei ainda, provavelmente teremos essa discussão na próxima semana e vamos fazer os encaminhamentos com muita tranquilidade, dentro do partido que a gente achar melhor para servir a comunidade”, afirmou.

O deputado ressalta ainda que já está no PL há quatro anos e destaca que tem afinidade com o presidente Fábio Xavier e que continua acreditando no projeto do governo Wellington Dias.

“Estou no PL há quatro anos, me elegi por ele. Aqui no Piauí eu tenho afinidade como deputado Fábio Xavier, que é o presidente, com o Fábio Abreu, com o deputado Hélio, que fazemos parte dessa bancada aqui na Assembleia e nós temos a sensação de quem faz parte de um governo em que acreditamos, que nós participamos dele, que é o do governador Wellington Dias”, pontuou.

Jair Bolsonaro se filia ao PL

O presidente Jair Bolsonaro se filiou ao Partido Liberal na manhã dessa terça-feira (30), durante cerimônia realizada na sede da sigla em Brasília e contou com a presença do presidente do partido, Valdemar Costa Neto, e de integrantes do governo.

Bolsonaro foi eleito presidente em 2018 pelo PSL e deixou o partido em 2019 devido à divergências com a cúpula da legenda.

Facebook
Indicado para você
Veja também