Viagora

Wellington Dias terá reunião com deputados nesta segunda-feira

Conforme o chefe do executivo estadual, durante o encontro será realizado um balanço sobre as metas estabelecidas em anos anteriores, e como foram os resultados neste ano de 2021.

Na manhã desta segunda-feira (06), o governador do Piauí, Wellington Dias, falou sobre a reunião que irá acontecer com os deputados estaduais que compõe a base governista, durante evento na Unidade Escolar Estado de São Paulo, na zona sul de Teresina.

Conforme o chefe do executivo estadual, durante o encontro que acontecerá nesta tarde, será realizado um balanço sobre as metas estabelecidas em anos anteriores, e como foram os resultados neste ano de 2021, além do planejamento para 2022.

“Ela é uma reunião que nós fazemos todos os anos. Este ano já fiz com a equipe, e agora com os parlamentares. Todos possuem uma responsabilidade comigo e com a equipe de ajudar na sustentação nesse quesito’’. Aqui, junto com o secretário Rafael Fonteles, que trabalha comigo, com a nossa vice-governadora, professora Regina Sousa, a gente tem um plano, uma meta no Pró educação para permitir bons resultados na educação’’, explica.

  • Foto: Luis Marcos/ ViagoraGovernador Wellington DiasGovernador Wellington Dias

De acordo com o governador, as sete áreas que compõe a infraestrutura, segurança, saúde, social e modernização, que tem como o objetivo atrair mais investimentos para o Estado, serão os principais pontos debatidos no diálogo com os parlamentares da base.

“Também debateremos sobre as metas na infraestrutura, segurança, saúde, social e na modernização para mais eficiência na atração de investimentos na infraestrutura. Tudo isso faz parte de um plano, que é o Pró Piauí”.

Ainda segundo o governador, a pauta também será sobre o encerramento da Lei de Teto que proibia reajustes saláriais. O Governador destacou a importância de tratar sobre o tema para que não haja um desequilíbrio no Piauí.

" Vamos tratar também sobre um desafio comum, em dezembro encerra a Lei que colocava a proibição de reajuste, agora ela não existe mais. Nós precisamos tomar uma decisão com muita responsabilidade para que nada se desequilibre. Acho que todo mundo sabe da importância de receber o salário dentro do mês. É a primeira vez que isso acontece, de terem recebido, por exemplo, o 13° de forma antecipada. Nós vamos ter que cuidar da reposição da perda salarial, e fazer isso dentro de um plano com muita responsabilidade. Então, queremos dialogar com o servidores e com o parlamento para uma tomada de decisão em conjunto", finalizou.

Facebook
Indicado para você
Veja também