Viagora

Ex-PM acusado de matar Samuel Borges vai a Júri Popular em agosto

Segundo denúncia, o crime aconteceu no dia 1º de fevereiro de 2019 quando Francisco Ribeiro dos Santos Filhou matou o cabo da PM Samuel Borges em frente ao filho da vítima em Teresina.

A 1ª Vara do Tribunal do Júri vai julgar o ex-policial militar do Maranhão, Francisco Ribeiro dos Santos Filho, acusado matar o cabo da PM do Piauí na cidade de Teresina. O julgamento ocorre sob a titularidade do juiz Antônio Nollêto e será realizado no dia 23 de agosto no auditório do Fórum Cível e Criminal de Teresina.

De acordo com a denúncia, o homicídio aconteceu no dia 1º de fevereiro de 2019 quando o acusado matou Samuel de Sousa Borges munido de arma de fogo, na rua Senador Cândido Ferraz, nas proximidades do Colégio Dom Barreto, zona Leste da capital.

Foto: Reprodução/FacebookFrancisco Ribeiro dos Santos Filho
Francisco Ribeiro dos Santos Filho

Conforme o Tribunal de Justiça do Piauí, a sessão será transmitida pelo canal da 1ª Vara do Tribunal do Júri no youtube.

ENTENDA O CASO:

O cabo da Polícia Militar do Piauí, Samuel Borges, estava levando seu filho ao colégio quando teria se iniciado uma discussão de trânsito entre os oficiais o que resultou na morte da vítima em frente ao seu filho.

Segundo informações da Polícia Militar, Samuel teria sido atingido com três tiros na região da cabeça e saído com vida do local a caminho do hospital, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

O acusado, Francisco Ribeiro, foi afastado dos quadros da Polícia Militar pela Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), conforme decisão assinada no dia 26 de abril de 2021 pelo secretário, Jefferson Miler Portela e Silva.

Facebook
Indicado para você
Veja também