Viagora

Teresina registra queda de 33% nos casos de Covid-19, diz FMS

De acordo com a COE-FMS, a taxa de positividade nos testes RT-PCR caiu pela metade, indo de 31% para 15%.

O Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE-FMS), divulgou o Painel Situacional da Covid-19 correspondente à 29ª semana epidemiológica de 2022 que foi de 17 a 23 de julho e dos dados apontam que Teresina apresentou uma queda de 33% nos casos confirmados de Covid-19.

De acordo com o relatório do COE-FMS, a última semana registrou uma queda de 28% nos atendimentos de síndromes gripais. O painel também apontou que a taxa de positividade nos testes RT-PCR caiu pela metade, indo de 31% para 15%, além do número de óbitos ter apresentado certa estabilidade e a taxa de transmissão ter ficado abaixo da unidade (R0 <1,0), registrando 0,7.

Segundo Marcelo Vieira, virologista da COE, as internações por Covid-19 podem ser prolongadas por mais de uma semana, o que pode fazer com que as taxas de ocupação permaneçam elevadas por mais tempo. “Em outras palavras, as internações resultantes dos casos de uma semana se sobrepõem às internações decorrentes dos casos das semanas anteriores.”, explica o médico.

Marcelo Vieira ainda pontua que a capital Teresina, por ser um polo assistencial de saúde, pode apresentar dados maiores por conta de pessoas de outros municípios do Estado. “De acordo com a SESAPI, está havendo uma interiorização da onda atual de COVID-19. Entretanto, há uma tendência dos casos mais graves “migrarem” para a rede hospitalar assistencial da capital. Portanto, ainda que Teresina já tenha enfrentado o seu pico de transmissão da doença, é provável que o sistema hospitalar da cidade ainda se mantenha pressionado nas próximas semanas”, conclui o virologista.

Facebook
Indicado para você
Veja também