Viagora

Teresina sobe para a faixa amarela de transmissão da Covid, diz FMS

Segundo a FMS, a população deve continuar seguindo as medidas instituídas no último decreto para a estabilização de casos da doença.

No último sábado (02), a 26ª semana epidemiológica (SE) de 2022 teve seu fim com o registro de uma elevação no número de notificações de Covid-19. O número preocupa por ser a maior porcentagem registrada nas últimas dezenove semanas, que corresponde a 58% do número máximo registrado no pico da onda anterior, em fevereiro deste ano. Por conta disso, a capital sobe para a faixa amarela de transmissão.

De acordo com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), o número efetivo de reprodução da Covid-19 ficou em 1,14 ao final da 26ª SE. O aumento semanal de casos confirmados chegou a aproximadamente 260% há quatro semanas, e o incremento percentual correspondeu a 9%.

Ainda de acordo com a FMS, com a notificação da faixa amarela, que aponta o nível médio de transmissão, os cidadãos devem seguir as medidas de proteção contidas no Decreto Municipal 22.569, instituído em 13 de junho de 2022, que determina a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais públicos e privados onde tenha aglomeração de pessoas.

Segundo a COE-FMS, a vacinação é principal medida para a estabilização de casos de Covid-19. Por isso é recomendado que a população conclua o esquema primário e de reforço da imunização.

A Fundação também pontua que as hospitalizações causadas pela doença aumentaram em 41% em relação a semana anterior, e a média-móvel dos óbitos subiu de 1.7 para 2.7 mortes por semana.

Por Sthefany Prado

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Teresina

Covid-19

Facebook
Indicado para você
Veja também