Viagora

Dr. Pessoa realiza visita às obras do Hospital da Mulher de Teresina

A obra tem um investimento de aproximadamente R$ 58 milhões e será fiscalizada pela Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano (ETURB).

Na manhã desta terça-feira (09), o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, realizou visita técnica às obras do Hospital Municipal da Mulher, que fica localizado no cruzamento da BR-343 com a avenida Miguel Rosa, na zona Sul. A obra tem um investimento de aproximadamente R$ 58 milhões e será fiscalizada pela Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano (ETURB).

De acordo com a Prefeitura de Teresina, o espaço do projeto tem um total de 15.871,66 m² de área construída com 150 leitos de internação, 10 leitos de UTI, 06 salas cirúrgicas, Apoio Diagnóstico e Ambulatórios de Especialidades. As obras estão na fase dos serviços de terraplanagem com o objetivo de receber a construção.

Foto: ReproduçãoObras do hospital da mulher
Obras do hospital da mulher

O prefeito explicou que o hospital terá modernidade e segurança visando anteder as exigências estruturais e sanitárias atuais para garntir o atendimento das mulheres na capital.

Ainda segundo o prefeito, o modelo de gestão é trabalhar a saúde primária que virá a desafogar os outros hospitais tanto do setor da saúde secundária como a terciária. A empresa que fará a construção do Hospital está elaborando um projeto para desenvolver no mesmo espaço um Hospital Escola.

O engenheiro civil, Jivago Castro, diretor/presidente da empresa contratada, afirmou que todos os projetos serão entregues no prazo de 60 dias para aprovação, logo depois será concluído um dossiê técnico e a obra deverá ser iniciada.

O profissional explicou ainda que o cronograma da obra é de doze meses. “O prefeito solicitou a empresa, que os três blocos fossem entregues no mês de agosto, mas temos que trabalhar com as incertezas, que é o inverno e a drenagem, o ponto mais sensível de toda a obra, e é executada pela Prefeitura, então dependemos também da celeridade da Prefeitura para a conclusão no tempo solicitado pelo gestor”, explicou o engenheiro.

Facebook
Indicado para você
Veja também