Viagora

Wellington paga abono salarial aos profissionais da educação estadual

O pagamento será depositado nas contas de mais de 22 mil educadores e administrativos que integram os quadros da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Nesta quinta-feira (30), o Governo do Piauí divulgou o pagamento do abono salarial aos profissionais da educação estadual. O valor deve ser depositado nas contas de mais de 22 mil educadores e administrativos que integram os quadros da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

De acordo com o governo do estado, o pagamento foi aprovado por parlamentares na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), dessa forma o governador Wellington Dias creditou o valor nas contas dos professores cumprindo o acordo.

O chefe do executivo estadual explicou sobre o valor do abono salarial advindo do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

“O valor correspondente ao abono, aprovado pela Assembleia, foi creditado nas contas dos professores. É um saldo para que a gente cumpra a regra dos 70% do Fundeb, mas com benefício para os professores”, ressalta Wellington Dias.

Ainda segundo o governo do Piauí, o abono-Fundeb é referente a este ano e advém da regra que estabelece a obrigatoriedade da aplicação de 70% do fundo na remuneração dos professores.

Confira como é calculado o abono salarial:

Calcula-se 70% do valor total do Fundeb no ano e subtrai do valor utilizado para pagar o salário dos educadores. Caso houver uma diferença positiva, ou seja, a margem atingir 70%, dessa forma há a possibilidade do rateio.

Os valores variam em cada município ou estado, no entanto, o cálculo é o mesmo, isso ocorre porque cada um possuí diferentes valores de salários e quantidades de profissionais.

O secretário da Educação, Ellen Gera, afirmou que o Piauí chegou a uma margem de 62 milhões que foi dividido entre os mais de 22 mil educadores do estado.

“Para nossa Rede Estadual, tivemos uma margem de 62 milhões, que foi dividida para mais de 22 mil profissionais, seguindo todas as regras do Fundeb. Felizmente, nós tivemos saldo para o rateio e contamos com a autorização do Governo para conceder em forma de abono”, explicou o secretário da Educação, Ellen Gera.

Facebook
Indicado para você
Veja também