Viagora

Deputado Gustavo Neiva acha suspeito decreto sobre rodovias em ano eleitoral

Para o deputado o documento assinado pela governadora Regina Sousa (PT), desmente o próprio estado que propagava somente as melhorias da gestão.

O deputado estadual Gustavo Neiva (Progressistas), declarou na manhã desta terça-feira (10), que o decreto de emergência em 16 rodovias estaduais do Piauí, levanta suspeitas visto que será necessário realizar obras sem licitações em um ano de disputa eleitoral.

Para o deputado o documento assinado pela governadora Regina Sousa (PT), desmente o próprio estado que propagava somente as melhorias da gestão. Além de demonstrar uma preocupação com a falta de organização e planejamento do Estado.

Foto: Luis Marcos/ ViagoraDeputado Gustavo Neiva
Deputado Gustavo Neiva

“Isso é o Estado desmentindo o próprio Estado, porque toda propaganda oficial dava conta de que a nossa malha viária estadual estava em perfeita condições se há um decreto de emergência incluindo 16 trechos isso demonstra que realmente não é verdade o que o Estado vinha propagando aos quatro cantos e segundo a nossa preocupação. Isso demonstra a falta de organização e planejamento do governo do Estado”, explica o deputado.

O decreto permite a realização de obras sem o devido procedimento necessário que viabiliza a promoção dessas intervenções nas rodovias, como explica Gustavo Neiva. O parlamentar pontua que a ação é suspeita, principalmente, em um ano eleitoral.

“Isso porque um decreto de emergência, isso vai fazer obras sem licitação no ano eleitoral, tudo isso levanta várias suspeitas, o correto seria o Estado ter se programado se planejado e ter o dinheiro para fazer as licitações dando ampla oportunidade das empresas participarem e para que aquela que vencer seja do melhor preço, da melhor qualidade. Com um decreto de emergência vão fazer essas estradas a toque de caixa sem licitação o que levanta ainda mais suspeitas em um ano eleitoral”, declara.

Mais conteúdo sobre:

Gustavo Neiva

Governo do Piauí

Facebook
Indicado para você
Veja também