Viagora

Confira como os senadores do Piauí votaram no projeto que limita o ICMS

Dos votos no Senado, 65 foram a favor e 12 contrários. Sendo um dos contrários o senador Marcelo Castro (MDB).

Foi aprovado nessa segunda-feira (13) pelo Senado, o Projeto de Lei Complementar (plp) 18/2022, que limita a aplicação de alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre combustíveis, gás natural, energia elétrica, comunicações e transporte coletivo. Segundo a proposta, esses produtos seriam classificados como essenciais e indispensáveis, levando à fixação da alíquota do ICMS em um patamar máximo de 17%.

Dos votos no Senado, 65 foram a favor e 12 contrários.Um dos contrários foi o do Senador do Piauí, Marcelo Castro (MDB). Já o senador piauiense Elmano Férrer (Progressistas) e a Senadora piauiense Eliane Nogueira (Progressistas), votaram a favor do Projeto.

Foto: Luis Marcos/ ViagoraMarcelo Castro, Presidente do MDB
Marcelo Castro, Presidente do MDB

O objetivo desse projeto, é provocar a redução no valor dos combustíveis na bomba, aliviando o gasto do consumidor com gasolina, que supera o valor de R$ 7,00 o litro no país, e com o diesel beneficiando também caminhoneiros e transportadores, assim como também busca reduzir o valor do gás de cozinha e da conta de luz.

Facebook
Indicado para você
Veja também