Política

Deputados decidem arquivar segunda denúncia contra Temer

A denúncia acusa os ministros e o presidente da República por organização criminosa.
  • RAYANE TRAJANO
25/10/2017 19h39 - atualizado

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou o relatório do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), impedindo novamente que o Supremo Tribunal Federal investigue o presidente Michel Temer (PMDB) e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral).

A votação nominal teve início às 19h04 (horário de Brasília), quando o quórum mínimo foi atingido na sessão. Às 20h38 o presidente já tinha votos suficientes para barrar a denúncia. No total, foram  251 votos a 233, além de 2 abstenções e 25 ausências.

  • Foto: PTTemerTemer

A denúncia acusa os ministros e o presidente da República por organização criminosa. Temer também é acusado de obstrução da Justiça. Todos negam as acusações.

Em 2 de agosto, o Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou a primeira denúncia da Procuradoria-Geral da República contra Michel Temer, por crime de corrupção passiva, por 263 votos a 227 e 2 abstenções,

Mais na Web