Política

Fábio Abreu rebate críticas de Firmino: “PL tem CNPJ próprio”

O pré-candidato a prefeito pelo PL rebateu as críticas do tucano aos pré-candidatos de partidos aliados do Palácio de Karnak.
17/09/2020 06h22 - atualizado

Na tarde dessa quarta-feira, 16 de setembro, o PL realizou a sua convenção partidária para as eleições municipais deste ano em Teresina. Na ocasião, foram oficializados os nomes dos candidatos que disputarão vagas na Câmara Municipal e a candidatura de Fábio Abreu e Diana Carvalho ao Palácio da Cidade.

O deputado federal e candidato a prefeito, Fábio Abreu, comentou sobre os resultados das últimas pesquisas de intenção de voto, onde aparece em 2º lugar, atrás apenas de Dr. Pessoa (MDB).

“Eu ligo isso ao grupo que conseguimos formar e que concorda com as nossas propostas, ao apoio de partidos importantes, como o PTB, Republicanos e PMN, e à força do povo, que tem cada dia mais acompanhado as nossas propostas e nossas ideias”, declarou.

  • Foto: Luis Marcos/ViagoraPré-candidato Fábio AbreuFábio Abreu (PL) e Diana Carvalho (Republicanos).

O parlamentar ainda fez críticas à atual gestão do prefeito Firmino Filho, afirmando que o PSDB comanda o Palácio da Cidade há 30 anos e não tem mais o que acrescentar para a capital.

“A gestão de Teresina se encontra cansada em vários aspectos. É uma gestão que há 30 anos comanda Teresina e não tem nada novo a apresentar, nenhuma proposta nova que venha resolver os problemas que Teresina tanto precisa, por exemplo, o transporte público, a parte de saneamento básico e uma série de problemas que eles não apresentam uma solução”, completou.

Fábio Abreu comentou ainda sobre o tema da Segurança Pública, área da qual foi gestor na administração estadual, e afirmou que é necessário atuar na área concentrando esforços de outras pastas, como, por exemplo, a Educação.

“Quando você trata a educação com qualidade, quando você trata o social e o esporte já estamos trabalhando a segurança diretamente, não somente com policiais nas ruas ou com a parte da inteligência. Isso [falta de segurança] é um processo que acontece após uma falha nesse sistema. Eu sempre fui de rua e sabia desse problema, mesmo sendo comandante de uma unidade especializada, eu criei um projeto social para combater a violência de forma indireta com a criação do pelotão mirim. Por isso, eu digo e repito a solução principal é a preventiva”, opinou.

Sobre a escolha do nome da pastora Diana Carvalho, do Republicanos, como vice, Fábio falou que sempre conversas claras com os partidos que apoiam a sua candidatura para decidir o nome que iria compor a chapa.

“Decidimos com muita tranquilidade. Fomos muito claros com esses partidos aliados no que se refere à questão de vice, sempre disse que a vice era do Republicanos e realmente foi. Nossas conversas sempre foram bem claras e decididas, pois nosso objetivo é ter partidos aliados ao nosso plano de governo e que tenham as mesmas propostas”, afirmou.

O deputado federal declarou que vai trabalhar para vencer a eleição ainda em 1º turno, mas que também está preparado para trabalhar pela vitória caso haja um 2º turno. "“Trabalhamos para ganhar no primeiro turno, nosso objetivo é ser eleito no primeiro com a vontade do povo de Teresina, mas se tiver, nós estaremos no segundo turno”, disse.

Questionado sobre as críticas do prefeito Firmino Filho (PSDB) de que os candidatos de partidos aliados ao Palácio de Karnak seriam “farinha do mesmo saco”, o ex-secretário disparou: “O PL tem um CNPJ próprio e Fábio Abreu tem um CNPJ próprio. 481.405.973-68. Inclusive serve para qualquer cidadão pesquisar esse CPF”.

Mais na Web