Polícia

Menor acusado de matar estudante de medicina foge do CEM em Teresina

Segundo a polícia, o adolescente fugiu juntamente com outros internos do CEM, durante uma rebelião na manhã desta quarta-feira (14).
14/04/2021 14h10 - atualizado

O adolescente de 17 anos acusado de matar o estudante de medicina da Universidade Federal do Piauí, Rayron Holanda, em novembro de 2018, fugiu do Centro Educacional Masculino (CEM), durante uma rebelião na manhã desta quarta-feira (14), no bairro Memorare, zona Norte de Teresina.

Segundo a polícia, o interno foi recapturado pela Guarda Municipal de Teresina (GCM) poucas horas depois da fuga. Ele estava com outros três fugitivos e chegaram a roubar uma motocicleta, mas foram interceptados.

  • Foto: Divulgação/InstagramEstudante de medicina da UFPI, Rayron Holanda.Estudante de medicina da UFPI, Rayron Holanda.

A GCM conseguiu realizar a apreensão de dois dos fugitivos. Durante a ação, um dos internos disparou contra os agentes da guarnição que revidou.

Os dois menores foram apreendidos e reconduzidos para o Centro Educacional Masculino, incluindo W.L. de A.R., que responde pelo latrocínio do estudante Rayron Holanda, morto durante assalto no último dia 25 de novembro de 2018, em uma parada de ônibus na Avenida Miguel Rosa, zona Sul de Teresina.

Mais na Web