Viagora

Gustavo Neiva critica governo por contrato com agência francesa

O governo do Estado firmou acordo com agência francesa para empréstimo de quase 1 bilhão de reais ao estado piauiense.

O deputado estadual Gustavo Neiva (PSB) fez críticas aos empréstimos do Governo do Piauí, afirmando que um recente pré-contrato assinado com um agência francesa de desenvolvimento é ilegal.

O novo empréstimo acordado entre o governo do estado e a agência francesa no valor de 200 milhões de euros, se avaliado em Real, equivale a quase 1 bilhão de reais. O deputado alega que a Assembleia Legislativa não estava a par do que está sendo negociado.

  • Foto: Kelvyn Coutinho/ViagoraDeputado Gustavo Neiva (PSB).Deputado Gustavo Neiva (PSB).

“O governador não pode assinar contrato como dizem, porque ele não tem autorização legislativa. O primeiro passo é a autorização legislativa e não tramitou na Alepi nenhum pedido de empréstimo do governo junto à agência francesa de desenvolvimento. Então é uma Fake News que o governo distribui para a imprensa tentando justificar a quinta viagem do governador ao exterior, sendo que nenhuma delas trouxe algum fruto concreto para a sociedade piauiense”, disse Neiva em entrevista à TV Cidade Verde.

Wellington Dias, no entanto, contesta a oposição. Ele afirma que o processo para o empréstimo é absolutamente legal e que só será encaminhado para a Assembleia Legislativa, após aprovação da Comissão de Financiamentos Externos do Ministério da Economia.

“Fizemos tudo dentro da legalidade. Aconteceu que a agência aprovou no seu comitê de crédito a disponibilidade de 200 milhões de euros para o estado do Piauí, ou seja, o empréstimo externo nós só encaminhamos para a Assembleia após a aprovação pela COFIEX. Sendo aprovado, aí será levado para a Alepi e a COFIEX, por sua vez, fica responsável por levar essa questão para o Congresso Nacional. É assim que aconteceu em todos os contratos de financiamentos”, explicou o governador.

Facebook
Indicado para você
Veja também