Viagora

Kleber Montezuma não descarta possibilidade de ficar no PSDB

Segundo o ex-secretário, caso Sílvio Mendes se filie ao Progressistas, não há necessidade de sair do partido.

Na manhã desta segunda-feira (13), o ex-secretário de Educação de Teresina, Kleber Montezuma não descartou permanecer no PSDB para ser candidato ao Senado nas eleições de 2022. A declaração do professor foi feita durante a filiação de Bárbara Soares, filha do ex-prefeito Firmino Filho, ao Progressistas.

Segundo o ex-secretário, caso o pré-candidato ao Governo do Piauí, Sílvio Mendes se filie ao Progressistas, a sigla fica liberada e não há necessidade de sair do PSDB para concorrer ao Senado.

  • Foto: Luis Marcos/ ViagoraEx secretario Kleber MontezumaEx secretario Kleber Montezuma

“Se eventualmente lá na frente seja decidido que o Dr. Sílvio deverá ser o candidato na legenda do Progressistas, o PSDB fica liberado e não há necessidade de procurar outra sigla. Mas tudo isso ainda é muito fluído, o que está se dizendo hoje, amanhã ou hoje à noite mesmo pode não ter nenhum valor”, disse.

Kleber ressalta que a última declaração do Ministro da Casa Civil, senador Ciro Nogueira, foi de que, caso Sílvio Mendes seja o candidato escolhido pela oposição, é natural que ele se filie ao Progressistas e afirma que se isso acontecer, o PSDB poderá apresentar uma candidatura majoritária.

“A última declaração que eu vi do senador Ciro, foi dizendo que caso o candidato seja o Sílvio Mendes, as lideranças do Progressistas querem que ele se filie ao partido, o que eu acho absolutamente normal. Se isto ocorrer o PSDB fica livre para poder apresentar um nome a uma candidatura majoritária”, afirmou.

De acordo com o ex-secretário, o senário político ainda é incerto, mas que muita coisa deve acontecer até 02 de abril, o prazo final para acontecer as filiações.

“O senário político ainda está muito incerto, muita coisa ainda vai acontecer até o dia 02 de abril, que é o prazo final que se tem para fazer as filiações. Até lá, vamos ter um partido para nos filiarmos ou até o caso de permanecermos no PSDB”, declarou.

Facebook
Indicado para você
Veja também