Viagora

Estado do Piauí vai patrocinar com R$ 8 milhões filme sobre Mandu Ladino

Segundo a Secretaria de Cultura, o orçamento foi liberado e as gravações iriam ser iniciadas e que o patrocínio foi esse valor por ser um longa e tem toda logística de equipamentos.

A Secretaria de Estado da Cultura do Estado do Piauí vai gastar R$ 8.275.650,00 ( oito milhões, duzentos e setenta e cinco mil, seiscentos e cinquenta reais) com o patrocínio do longa metragem ‘Drama Mandu Ladino’, que conta que a história de um líder indígena que impediu a entrada dos portugueses no interior do Brasil. O valor será utilizado para custear todas as despesas relacionadas à produção, como cenário, figurinos, deslocamentos, atores e etc.

O filme será integralmente rodado no Piauí, com base de produção instalada na cidade de Teresina e locações de filmagem por todo o Estado, com especial destaque para a região do Parque Nacional das Sete Cidades e o Delta do Parnaíba.

Com base nas informações, será criado o cenário para a gravação, juntamente com a participação de atores piauienses em sua maioria interpretando os índios, tornando os fatos mais reais e compreensíveis aos olhos do público. O projeto é uma iniciativa da produtora Bananeira Filmes, uma das mais prestigiadas do Cinema Brasileiro, que já produziu diversos longas metragens, séries e filmes institucionais, programas de TV e vários outros projetos audiovisuais.

A liberação do orçamento foi feita pelo ex-governador Wellington Dias em despacho dado no dia 16 de outubro de 2021. O pagamento será dividido, uma entrada de R$ 1,5 milhão e o restante, R$ 6,7 milhões, em oito parcelas.

Outro lado

Procurada pelo Viagora a assessoria da Secult informou sobre o assunto: “Ainda veremos com o pessoal porque tinha sido liberado e eles iriam iniciar as gravações, mas ainda não tivemos retorno sobre isso. O patrocínio foi esse valor porque é um longa-metragem e tem toda a logística de equipamentos e prioriza-se os técnicos do Piauí, mas ás vezes tem que contratar alguma coisa de fora e então o valor pode ser elevado”.

Facebook
Indicado para você
Veja também