Coronavírus no Piauí

Covid-19: Firmino Filho descarta medidas restritivas em Teresina

O gestor ainda negou a iminência de uma segunda onda do novo coronavírus e afirmou que essas informações são fake news.
18/11/2020 08h49 - atualizado

O prefeito Firmino Filho voltou a negar a possibilidade do retorno de medidas mais restritivas em Teresina. A declaração foi feita durante uma visita ao Hospital do Monte Castelo na manhã dessa terça-feira (17). Segundo Firmino, os atendimentos de pacientes com Covid-19 têm caído e, por esse motivo, a flexibilização deve ser mantida.

“Neste momento, no Hospital do Monte Castelo, por exemplo, de um total de 50 leitos disponíveis, temos 22 pacientes internados. Isso mostra que a capacidade do Hospital ainda é bastante significativa para atender qualquer eventualidade. Já no Hospital de Campanha Padre Pedro Balzi, que tem capacidade de 80 leitos, apenas seis estão ocupados. São dois indicadores que mostram a tendência de queda da doença em nossa cidade”, comentou Firmino Filho.

  • Foto: Luis Marcos/ViagoraPrefeito Firmino Filho (PSDB)Prefeito Firmino Filho (PSDB)

O gestor ainda negou a iminência de uma segunda onda do novo coronavírus e afirmou que essas informações são fake news. “É fundamental que a gente possa passar a verdade de forma transparente para a população. Infelizmente temos muita fake news afirmando que a segunda onda já começou em Teresina, mas essa não é a nossa realidade. Verificamos a redução nos números e o processo de flexibilização das atividades vai seguir seu curso natural”, ressaltou o prefeito.

Essa tendência de queda nos números de infectados pela Covid-19 são confirmados pelos dados da Fundação Municipal de Saúde. É importante lembrar que, apesar da diminuição da doença, os protocolos higiênico-sanitários de prevenção ao novo coronavírus permanecem os mesmos.

Mais na Web