Coronavírus no Piauí

HGV realiza reunião de emergência para ampliação de leitos Covid

Com o aumento do número de casos da doença no estado, o HGV realizou uma reunião emergencial para tratar sobre ampliação de leitos e abastecimento de insumos e medicamentos.
21/02/2021 08h46 - atualizado

Com o objetivo de tratar sobre a ampliação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e a abastecimento em relação a insumos, EPIs e medicamentos para tratamento da Covid-19, a direção do Hospital Getúlio Vargas (HGV) realizou uma reunião de emergência, nesse sábado (20), devido ao aumento do número de casos da doença no estado.    

Estiveram presentes na reunião o secretário de Estado da Saúde (Sesapi), Florentino Neto; o diretor do HGV, Osvaldo Mendes; o diretor técnico, Cícero Sousa, e administrativo do HGV, Fernando Danda; e diretores da Fundação Estatal Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh), Natália Pinheiro, Welton Bandeira, Aldeane Moreira e Igor Cavalcante. A Fepiserh é a entidade que administra o hospital.

De acordo com o diretor do HGV, com o aumento no número de pessoas contaminadas pela Covid-19 no Piauí, o Hospital Getúlio Vargas precisa estar preparado para receber os pacientes acometidos pela doença. Osvaldo Mendes destaca ainda que a unidade tem trabalhado para manter as cirurgias eletivas, já que as outras áreas não podem ficar sem tratamento.

  • Foto: DivulgaçãoHGV realiza reunião de emergencial para ampliação de leitos CovidHGV realiza reunião de emergencial para ampliação de leitos Covid

"Estamos enfrentando um momento difícil, por conta do crescimento dos casos da doença no estado. Temos que nos preparar para receber os pacientes. [...] Foi uma reunião bastante produtiva, definimos vários pontos importantes para enfrentarmos a crise. Estamos trabalhando e mantendo o atendimento das cirurgias eletivas e da regulação. Aqui é como se tivéssemos dois hospitais. Um destinado à Covid e outro para as demais doenças, que também não podem ficar sem tratamento", explica o gestor.

Durante a reunião, a diretora financeira da Fepiserh, Natália Pinheiro, afirmou que o Hospital Getúlio Vargas tem capacidade para ampliar mais 40 leitos Covid, e destacou que a Secretaria de Estado da Saúde já garantiu que, caso seja necessário, irá financiar esses novos leitos em relação aos insumos e pessoal.

“O HGV tem capacidade para aumentar em até 40 o número de leitos Covid-19, caso seja necessário, e a Sesapi garantiu o custeio dessas novas unidades, tanto para os insumos, quanto para o pessoal. Além disso, garantiu que temos oxigênio suficiente para atender à demanda. É um momento delicado, que temos que unir forças”, afirmou Natália.

Mais na Web