Coronavírus no Piauí

Júlio Arcoverde apresenta projeto para incluir jornalistas na vacinação

Segundo o deputado Júlio Arcoverde, como o serviço de imprensa é considerado essencial, os profissionais que estão realizando serviços externos devem ser incluídos como prioridade.
05/04/2021 19h04 - atualizado

Por meio de um vídeo divulgado nesta segunda-feira (05), o deputado estadual Júlio Arcoverde (Progressistas) informou que apresentou na Assembleia Legislativa (Alepi) um projeto de lei com o objetivo de incluir os profissionais da imprensa no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19.

Segundo o deputado Júlio Arcoverde, como o serviço de imprensa é considerado essencial, já que os profissionais estão na rua para levar as informações sobre a pandemia à população, essa categoria deverá ser incluída também na prioridade dos calendários de vacinação para que sejam imunizados. O deputado destaca que a medida é para os profissionais que não estão em regime de trabalho remoto.   

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraDeputado Júlio ArcoverdeDeputado Júlio Arcoverde (Progressistas)

“Hoje apresentei na Assembleia Legislativa um projeto de lei que visa dar prioridade aqueles profissionais de imprensa que estão fazendo trabalho externo, que não estão em serviço de home office. Ora, se o trabalho de imprensa é considerado serviço essencial, e esses profissionais de imprensa prestam um grande serviço, não só aos órgãos estadual, mais como à comunidade nas informações sobre o Covid, que esses funcionários que não estão trabalhando em home office, sejam considerados prioridades nas novas etapas de vacinação”, diz o deputado no vídeo.

Para ser imunizado, deputado propõe que o jornalista deverá comprovar o sistema de trabalho, assim como a jornada por meio do contrato com o veículo de comunicação e declaração do empregador.

Dr. Pessoa vai incluir jornalistas na vacinação

Nesta segunda-feira (05), o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB), confirmou que irá incluir jornalistas, professores e agentes da Guarda Municipal(GCM) no grupo prioritário para vacinação na capital.

“Todos os jornalistas e assessores que saem em campo para buscar notícias, fatos para levar para a sociedade também vou colocar na lista de prioridade para serem vacinados, não só os jornalistas formados, mas aqueles que também assessoram”, afirmou prefeito.

Mais na Web