Coronavírus no Piauí

MPPI participa de reunião sobre volta às aulas presenciais em 2021

Durante a reunião, foi aprovada a proposta que reúne técnicas de segurança em saúde e recomendações para o retorno seguro das aulas.
27/12/2020 07h45 - atualizado

O Ministério Público do Piauí (MPPI), por meio da promotora de Justiça e coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Educação e Cidadania (CAODEC), Flávia Gomes, participou de reunião por videoconferência pela realizada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) onde foi apresentada a proposta de protocolo e orientações contra a Covid-19 em ambientes escolares para 2021.

Segundo o MPPI, na ocasião foram apresentados detalhes do documento e esclarecidas as dúvidas apresentadas pelos participantes. “Este documento será submetido também à análise do Comitê de Operações Emergenciais (COE) Ampliado e governo estadual”, esclareceu a diretora da Vigilância Sanitária do Estado (DIVISA), Tatiana Chaves.

Durante a reunião, que teve a participação de mais de 100 representantes de setores educacionais públicos e privados, foi aprovada a proposta que reúne técnicas de segurança em saúde e recomendações de ações pedagógicas que devem ser observadas pelos integrantes da comunidade escolar para que seja realizado um retorno seguro das aulas.

“Atento às demandas da sociedade, o Ministério Público entende que a retomada das aulas presenciais dependerá do cumprimento do protocolo que for aprovado pelas autoridades e do esforço coletivo para que ele seja cumprido. A escola como lugar de proteção deve participar ativamente da avaliação e cumprimento dessas regras”, disse a promotora Flávia Gomes.

Mais na Web