Coronavírus no Piauí

Piauí recebe mais de 89 mil doses de vacinas contra a Covid-19

De acordo com a Sesapi, o estado recebeu doses das vacinas das Janssen, AstraZeneca e Pfizer para continuar com vacinação.
03/07/2021 18h13 - atualizado

O Piauí recebeu na tarde deste sábado (03) mais de 89 mil doses de vacinas contra a Covid-19, entre elas estão os imunizantes produzidos pelas farmacêuticas Janssen, Pfzier e AstraZeneca.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), ao todo forma entregues pelo Ministério da Saúde 27.250 doses da Janssen, 19.890 da Pfizer e 42.250 vacinas da AstraZeneca.

"O esforço das equipes da Sesapi é para que as entregas sejam feitas o mais breve possível. Nossas equipes trabalham incansavelmente para que as vacinas cheguem aos municípios, por isso pedimos aos gestores municipais, que assim que as receberem, organizem os seus calendários e apliquem as vacinas com mais celeridade e realizem o cadastro nos sistemas de doses aplicadas" enfatiza o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

  • Foto: Divulgação/Governo do PiauíPiauí recebe mais de 89 mil doses de vacinas contra a Covid-19Piauí recebe mais de 89 mil doses de vacinas contra a Covid-19

Segundo a Sesapi, as vacinas da Jassen, que precisam apenas de uma dose, e as vacinas da Pfizer serão distribuídas de acordo com a resolução da Comissão Intergestora Bipartite. Sendo 50% para a população em geral de 18 a 59 anos, não contempladas nos demais grupos, 30% para pessoas com comorbidades, deficiência permanente, gestantes e puérperas com comorbidades e também para 20% dos serviços essenciais escolhidos pelos conselhos municipais de saúde.

Já as vacinas FioCruz AstraZenca serão utilizadas para a segunda dose de 6% do grupo de 60 a 64 anos contemplado na pauta 16-A e para 7,3% do público com comorbidades e pessoas com deficiência permanente inseridas também na pauta 16-A.

“É de suma importância que a população possa completar o seu ciclo de imunização tomando a segunda dose, por isso pedimos a você que na data marcada volte ao posto de vacina, ou ao local determinado pelo seu município e tome o seu reforço, só assim conseguimos vencer a pandemia da Covid-19”, enfatiza o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

Mais na Web