Política

Prazo para verificar integridade dos sistemas eleitorais termina hoje

Os relatórios de boletins de urnas que estiveram em pendência, de urnas substituídas, bem como de comparecimento e abstenção em cada seção eleitoral, também podem ser solicitados.
18/02/2021 15h39 - atualizado

O prazo para as entidades fiscalizadoras solicitarem a verificação extraordinária pós-pleito da integridade e autenticidade dos sistemas eleitorais utilizados nas eleições municipais de 2020, termina nesta quinta-feira (18).

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as entidades podem solicitar aos tribunais eleitorais, relatórios e cópias de diversos arquivos de sistemas como os arquivos de Registro Digital do Voto (RDV), o registro das operações feitas pelo software (log) e o Gerenciador de Dados, Aplicativos e Interface com a Urna Eletrônica (GEDAI-UE), bem como os dados alimentadores do Sistema de Gerenciamento da Totalização, entre outros.

Os relatórios de boletins de urnas que estiveram em pendência, de urnas substituídas, bem como de comparecimento e abstenção em cada seção eleitoral, também podem ser solicitados.

De acordo com o TSE, antes de iniciar a votação, as urnas eletrônicas utilizadas nas eleições passaram por uma auditoria prévia de verificação de autenticidade e integridade dos sistemas instalados.

Todos os dados que alimentam a urna eletrônica, assim como todos os resultados produzidos, são protegidos por assinatura digital. Assim, não é possível modificar os dados de candidatos e eleitores presentes na urna, nem o resultado da votação contido no boletim de urna, o log das urnas, o arquivo de RDV, entre outros arquivos produzidos.

Mais na Web