Coronavírus no Piauí

Wellington Dias divulga plano de vacinação contra Covid-19 no Piauí

Em reunião realizada no Palácio de Karnak, foi apresentado o plano operacional de logística para a imunização da população piauiense.
15/01/2021 12h08 - atualizado

Na manhã desta sexta-feira, 15 de janeiro, o governador Wellington Dias (PT) divulgou o plano de vacinação contra a Covid-19 no Piauí. Em reunião realizada no Palácio de Karnak, foi apresentado o plano operacional de logística para a imunização da população piauiense.

De acordo com o governador, a imunização ocorrerá em quatro fases e o Piauí contará com 1.103 postos de vacinação. Inicialmente, prentende-se imunizar 229.335 pessoas já na primeira fase, após a aprovação da vacina de Oxford/AstraZeneca, fabricada pela FioCruz no Brasil, e da CoronaVac, fabricada pelo Instituto Butantã em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, pela Anvisa.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraO anúncio do plano de vacinação foi feito pelo governador no Palácio de Karnak.O anúncio do plano de vacinação foi feito pelo governador no Palácio de Karnak.

Na primeira fase, serão vacinados os trabalhadores da área da saúde, pessoas com 80 anos ou mais, pessoas de 75 a 79 anos, povos e comunidades tradicionais (ribeirinhas e quilombolas), população indígena em terras indígenas demarcadas.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraMaterial para vacinação contra a Covid-19, no Piauí.Material para vacinação contra a Covid-19, no Piauí.

Na segunda fase, serão vacinadas pessoas de 70 a 74 anos, pessoas de 65 a 69 anos, pessoas de 60 a 64 anos. Na terceira fase, serão vacinadas pessoas com comorbidades: diabetes, hipertensão, doença pulmonar crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares e pessoas que receberam transplante de órgão sólido.

Na quarta fase, a vacinação vai abranger mais grupos: forças de segurança e salvamento, pessoas em situação de rua, forças armadas, trabalhadores da educação (nível básico e superior), população privada de liberdade, funcionários do sistema de privação de liberdade, pessoas com deficiência permanente grave, pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas, pessoas com deficiência institucionalizadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário (urbano ou de longo curso), trabalhadores de transporte aéreo, trabalhadores de transporte metroviário e ferroviário, trabalhadores de transporte aquaviário, trabalhadores de portuários.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraGovernador Welington Dias, entrega EPIs, para a campanha de vacinação.Governador Welington Dias, entrega EPIs, para a campanha de vacinação.

Segundo o superintendente de Atenção Primária à Saúde e Município da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), Hérlon Guimarães, o plano de imunização poderá sofrer alterações de acordo com as normativas técnicas expedidas pelo Ministério da Saúde.

Mais na Web