Coronavírus no Piauí

Piauí chega a 1.401 mortes e 54.443 casos confirmados da Covid-19

Dos 224 municípios do estado apenas Arraial, Canavieira e Jardim do Mulato não possuem registros do novo coronavírus.
03/08/2020 20h25 - atualizado

O Piauí registrou 1.219 casos confirmados e 16 óbitos pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas,  de acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde na noite desta segunda-feira (3).

De acordo com a Sesapi, as vítimas do sexo feminino são oito. Elas eram naturais de Amarante (96 anos), Miguel Alves (61 anos), Parnaíba  (50 e 63 anos), Simplicio Mendes (54 anos) e Teresina (28, 62 e 72 anos). Também faleceram oito homens das cidades de Barras ( 77 anos), Caracol  (44 anos), Caraúbas (55 anos), Lagoa Alegre (63 anos), Luzilândia (74 anos), São Raimundo Nonato (57 e 82 anos) e Teresina ( 59 anos). 

Segundo o boletim, dos 1219 casos confirmados da doença, 683 são mulheres e 536 homens, com idades que variam de um mês a 88 anos. 

O município de João Costa foi acrescido na relação daqueles com casos confirmados de Covid-19. São 221 cidades atingidas pela pandemia, o que representa 98,07%.  Dos 224 municípios do estado apenas Arraial, Canavieira e Jardim do Mulato não possuem registros do novo coronavírus. 

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimeto à Covid-19, há 707 ocupados, sendo 411 leitos clínicos, 279 UTIs e 17 leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 2.376 e as altas do dia, 46. 

No total, o Piauí possui 54.443 casos confirmados e 1.401 óbitos distribuídos entre 131 municípios. Deste total, morreram 819 homens e 582 mulheres.

Governo do Piauí triplicou o número de UTIs no interior

O Governo do Piauí informou que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) triplicou o número de leitos de UTI nos hospitais regionais do estado, impedindo o colapso na rede nos municípios mais distantes da capital, Teresina.

De acordo com o Estado, a o aumento do número de UITs no interior, a maior parte das mortes pela Covid-19 foram registradas na capital. Dados da Sesapi aponta que desde o início da pandemia, 698, ou 52,5%, das 1.329 mortes da doença no Piauí (com base no levantamento do dia 30 de julho) foram de residentes na capital, onde moram apenas 26% dos piauienses. Já o interior, que concentra 74% da população, registrou 47,5% dos óbitos, 631 vidas perdidas.

Segundo a Sesapi, no mês de abril, quando teve início a pandemia, as unidades de saúde do interior do Piauí tinham 38 leitos de UTI. Agora, o número é mais de 3 vezes maior: 132. A Secretaria de Saúde também ampliou a quantidade de leitos de estabilização na rede do interior: 26 no começo da crise e 40 atualmente. As unidades de leitos clínicos subiram de 290 para 438.

Mais na Web