Coronavírus no Piauí

Wellington Dias decretará lockdown parcial pela 3ª vez no Piauí

A determinação ordena o fechamento de serviços para reforçar o isolamento social e reduzir o número de casos de coronavírus.
28/05/2020 17h00 - atualizado

No próximo domingo (31), o governador Wellington Dias  divulgou que irá decretar mais um "lockdown" parcial no estado do Piauí.

A determinação ordena o fechamento de serviços para reforçar o isolamento social e reduzir o número de casos de coronavírus no estado. Pela terceira vez seguida o governo institui o "lockdown parcial"  nos finais de semana no Piauí.

Ainda nessa quarta-feira (27), a Câmara de Teresina aprovou a antecipação do feriado de Corpus Christi, celebrado no dia 11 de junho, para amanhã como medida para aumentar o isolamento  social contra a Covid-19.

  • Foto: Arquivo pessoalWellington Dias comemora a chegada de 80 respeitadores no PiauíWellington Dias comemora a chegada de 80 respeitadores no Piauí

Segundo o governador, a expectativa é de que a partir da próxima semana o estado já tenha uma estabilidade.

De acordo com  Wellington Dias, o Piauí teria um grande número de mortes caso não tivesse adotado medidas mais rígidas de isolamento para conter o avanço da doença.

O governador disse ainda que sabe dos efeitos que a pandemia tem causado na economia do estado e ressalta que o governo trabalha com responsabilidade para a reabertura com segurança.

Confira  abaixo o que irá funcionar no final de semana:

No sábado (30), funcionam:  farmácias, drogarias e serviços de saúde, Mercados, supermercados, panificadoras e padarias, Postos de combustível e borracharias, serviços de delivery, segurança e vigilância, Pontos de alimentação localizados às margens de rodovias, serviços de transportes de cargas, serviços bancários exclusivos para pagamento de auxílio emergencial, benefícios sociais, autoatendimento e Atividades agrícolas e agroindustriais.

Já no domingo  (31), funcionarão apenas: Farmácias, drogarias e serviços de saúde, Imprensa, Serviços de segurança e vigilância , Serviços de delivery exclusivamente para alimentação e serviços de autoatendimento bancário.

Irão funcionar também borracharias, postos de combustíveis, pontos de alimentação localizados às margens de rodovias, serviços de transporte de cargas e atividades agrícolas e agroindustriais.

Mais na Web