Coronavírus no Piauí

Covid-19: Wellington lamenta mortes e anuncia reforço de barreiras sanitárias

O objetivo de Wellington Dias é manter os índices de infecção pela Covid-19 sob controle no estado.
18/09/2020 18h15 - atualizado

Nessa quinta-feira (17), o governador Wellington Dias anunciou o reforço das barreiras sanitárias nas divisas dos estados que fazem fronteira com o Piauí. O objetivo é manter os índices de infecção pela Covid-19 sob controle no estado, tendo em vista que os estados vizinhos Ceará e Pernambuco estão registrando aumentos dos casos da doença.

O gestor também lamentou a perda de 2 mil pessoas para a doença. “Cada vida humana é uma perda muito grande para a família, para os amigos e para o Piauí”, lamentou o governador.  

  • Foto: Lucas Dias/GP1Wellington Dias anuncia retomada de alguns setores da economia no Palácio de Karnak.Wellington Dias anuncia retomada de alguns setores da economia no Palácio de Karnak.

O governador Wellington Dias ainda ressaltou a importância do trabalho dos profissionais da área da saúde do Piauí, que foram fundamentais para que esse número não fosse ainda maior.

 “Nós tínhamos uma previsão de vivenciarmos cerca de 18 mil óbitos até este mês de setembro, o que significa que o trabalho dos profissionais da saúde, integrado ao de gestores municipais, estaduais, federais e do setor privado, também deu resultado e evitou uma tragédia ainda maior”, destacou.

O Piauí é um dos estados com os índices mais baixos de mortalidade pelo novo coronavírus no Brasil, ocupando o 7° lugar no ranking. No entanto, é importante manter os cuidados de isolamento social e medidas de higiene.

“Tudo isso permanece, em especial o zelo com as pessoas que não tiveram contato com o vírus ou que possuem alguma comorbidade”, finalizou o chefe do executivo piauiense.

Mais na Web